domingo, 20 de agosto de 2006

Dois Mundos!

Em minha caminhada no exterior do Meu Cazzzulo foram observados Dois Mundos distintos que, em comum alicerce, formam o enredo desta minha passagem terrena.
O pimeiro mundo, falso, hipócrita, com personagens de uma peça teatral fadada ao fracasso. Personagens com atitudes amargas, palavras com alça de mira, frieza e desapego ao coração metafórico.
Mundo cão...
Mundo ingrato...
Mundo injusto...
Mundo egocêntrico...
Mundo cinza...
E neste mundo um cazulo está prestes a se romper...
E os hipócritas, falsos personagens de uma história feliz, aguardam o rompimento de um cazulo, cuja lagarta, enquanto lagarta, será observada, conservada e conduzida em uma redoma de vidro... Mas a lagarta, enquanto borboleta, perceberá um dia que este mundo precisa de mais cor, mais calor, mais paixão, mais Amor!
O segundo mundo, este neutro, sem cobranças, rótulos, tabus nem sequer pudores.
Mundo no qual contravenções são eleitas...
Sem mal nenhum à nada nem ninguém...
Mundo onde pessoas se relacionam...
Apenas pessoas...
Onde sou o que sou, sou feliz com o reflexo do espelho e onde pessoas são apenas o que são... algumas mais, outras menos... pessoas... são o que são!
A sociedade, com sua hipocresia machista, força-nos ao exílio... vivemos aprisionados em nosso Cazzzulo, acompanhando a vida "perfeita" de camarote, enquanto que seu outro eu, seu eu verdadeiro, lateja, ferve, erupta...
Nos dois tempos relatados, dois mundos, dois caminhos, duas possibilidades... apenas um é o Norte da Verdade, da Justiça e da prática da Virtude...
Dois Mundos com seus prazeres e deleites, cercados de energia cósmica divina!
NAMASTE!

3 C O M E N T Á R I O (S)

Anônimo disse...

Oi!!!! Gostei do texto... Penso ter entendido a 'mensagem subliminar'... Conheço um pouco de tudo, acho eu... rs... Que a sorte,a luz e o discernimento estejam presentes sempre. Beijo no coração.

Paty disse...

Vc sabe que sou sua né? Vc me tem e o que for preciso estarei do seu lado, espero que eternamente!!!!! Fica bem táááá..
Ow, tô com mtaaaaaa saudades!!!
Beijinhos!

Nena disse...

Aceitação

Aceitar que somos eternamente diferentes é o primeiro passo para construir a unidade. Harmonia entre iguais é tarefa fácil, entre opostos,um desafio.
Opiniões diferentes podem criar discórdia ou enriquecer o produto final,depende da visão e do nível de altruísmo. Sustentar a unidade é apreciar o valor do conjunto e a singular contribuição de cada um, permanecendo leal,não apenas uns com os outros, mas também à meta estabelecida.

Pense nisso...

Beijos

Postar um comentário