segunda-feira, 16 de março de 2009

...antes da Meia-Noite!


Amanhã, antes da Meia Noite!
Amanhã vou levantar cedo pensando no que tenho
a fazer antes que o relógio marque meia noite.
É minha função escolher que tipo de dia vou ter amanhã.
Posso reclamar porque está chovendo
ou agradecer às águas por lavarem a poluição.
Posso ficar triste por não ter dinheiro ou me sentir
encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício.
Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo.
Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado
todo o Amor que eu queria ou posso ser grato por ter nascido.
Posso reclamar por ter que trabalhar ou agradecer por ter trabalho.
Posso sentir tédio com o trabalho doméstico
ou agradecer a Deus por ter um teto para morar.
Posso lamentar decepções com amigos ou me entusiasmar
com a possibilidade de fazer novas amizades...
Se as coisas não saíram como planejei posso
ficar feliz por ter o dia seguinte para recomeçar.
O dia está na minha frente esperando
para ser o que eu quiser.
E aqui estou eu, o escultor
que pode dar forma.
Tudo depende só de mim...
(Charles Chaplin)

NAMASTE!

3 C O M E N T Á R I O (S)

Anônimo disse...

Um gênio do humor silencioso
já conhecia as aventuras e
emoções do Livre Arbítrio!
Saudades Cris...
Beijo pra você!
Carol

Fernanda Alves disse...

É tão bom olhar todas as coisas boas que temos ao invés de nos queixarmos dos pesares. É preciso exaltar o bom da vida, mesmo com sua dificuldades, pois ainda há vida para podermos mudar o que não está bom.

Chaplin, o grande sábio de diversas artes.

parabéns pelo post

Jeniffer Yara disse...

Charles Chaplin para mim já conseguia expressar sua poesia mesmo no silêncio,agora que vejo esse poema dele,percebo que sua poesia é real,que não era só da minha cabeça...rsrsrs
Mas esse poesia nos dá a lição de vida que nunca aprendemos..Dar valor a vida,ao que temos.ao que somos...

Postar um comentário