segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Você!

Durante eras vocês aprenderam que Deus está fora do seu domínio, em algum lugar nas profundezas do Universo, sentado em um trono, austero e disciplinador. Muitos de vocês têm acreditado nisso e aceito como a mais pura verdade absoluta. Porém a causa principal de toda a vida nunca esteve fora de vocês:
"Ele" é vocês.
Ele é o maravilhoso processo de pensar, a inteligência suprema que jaz silenciosa e sempre presente no interior do homem.
Foi-Ihes ensinado que vocês nasceram apenas para viver em um momento do tempo, para envelhecer e então morrer. Por acreditarem que era verdade, isso realmente se tornou a realidade de sua vida sobre este plano.
Posso ajudá-los a perceber que na verdade vocês são uma essência contínua e imortal que tem vivido há bilhões de anos e, na totalidade do pensamento, contempla a si mesmo no brilho da luz que cada um de vocês se tornou. Neste momento cada um de vocês tornam-se um ser único, soberano e uma parte eterna de Deus.
Foi-lhes ensinado que Deus é uma entidade singular que, com suas mãos, fez o céu e a terra e então criou a criatura viva chamada homem. São vocês, os possuidores da inteligência divina e do livre-arbítrio, que são os grandes criadores de toda a vida. São vocês que criaram o sol da manhã, o céu da tarde e o encanto de todas as coisas que existem. São vocês que na verdade criaram a criatura notável chamada homem, de modo que vocês, que eram luzes brilhantes no vazio do espaço, pudessem experienciar toda a maravilha de suas formas criadas.
A compreensão de quem são constitui, na verdade, uma série de ilusões que vocês têm vivido por milhares de anos. Vocês são mais do que meramente humanos. São muito, muito maiores do que a criatura limitada chamada homem.
Homens, mulheres, crianças, velhinhos, humanidade, são na verdade, um conglomerado de centros de energia e criação de pensamentos, esplendidamente disfarçados de entidades limitadas e infelizes.
Quem é você?
Por que está aqui?
Qual o seu propósito e seu destino?
Você pensa que é meramente fruto da coincidência, nascido para viver um punhado de tempo e depois não existir mais?
O que faz você pensar que não viveu antes?
Por que agora?
Por que você?
Você viveu sobre este plano milhares de vidas e você veio e foi como um vento instável.
Você viveu cada rosto, cada cor, cada credo, cada religião.
Você guerreou e guerrearam com você.
Você foi rei e servo.
Foi marinheiro e capitão.
Foi conquistador e conquistado.
Você foi tudo que existe em todas as suas compreensões históricas.
Por quê? Para quê?
Para o propósito do sentimento, para o propósito da sabedoria, para o propósito de identificar o maior mistério de todos os tempos - VOCÊ!
NAMASTE!

2 C O M E N T Á R I O (S)

Jéssica disse...

Cris, Você é o melhor! (literalmente).

Beijos!

Cintia disse...

Noossa...
É muito interessante analisar o mundo sob sua visão...
Parabéns!

Postar um comentário