domingo, 18 de junho de 2006

Amigos!

Neste Final de Semana, que daqui a uma hora chegará ao fim, experimentei momentos que testaram minha fé na Providência.
Me faltou Amor... me senti sozinho...
Momentos em que me vi olhando para os céus e me perguntando: "Onde Ele estará?"... em fração de segundos voltei à mim e me vi cercado de Amigos, físicos e virtuais, prontos para me oferecer amparo.
O texto abaixo refere-se à página principal de uma comunidade de uma Rede Social Virtual!
Todas as frases abaixo atingem meus amigos (que são poucos...) no mais profundo sentimento:
O Amor Fraterno!
___
Amigos
São tão amigos, que voltam.
São tão fraternos, que se unem.
São tão simples, que cativam.
São tão desprendidos, que doam.
São tão dignos, que amam, compreendem e perdoam.

Amigos
São tão necessários, que sempre se fazem presentes.
São tão grandes, que se distinguem.
São tão dedicados, que edificam.
São tão preciosos, que se conservam.
São tão irmãos, que partilham.
São tão sábios, que ouvem, iluminam e calam.

Amigos
São tão raros, que se consagram.
São tão frágeis, que fortalecem.
São tão importantes, que não se esquecem.
São tão fortes, que protegem.
São tão presentes, que participam.
São tão sagrados, que se perenizam.
São tão santos, que rezam.
São tão solidários, que esquecem de si mesmos.
São tão felizes, que fazem a festa.

Amigos
São tão responsáveis, que vivem na verdade.
São tão livres, que crêem.
São tão fiéis, que esperam.
São tão unidos, que prosperam.
São tão Amigos, que doam a vida...
São tão Amigos, que se ETERNIZAM...

___

Em especial à três pessoas:
Amanda: gratidão à prontidão, às palavras ditas e ao calor do colo e do ombro!
Paulo: palavras sábias e proféticas!
Mônica: calor e colo virtuais!

Paz no coração de vocês!!
NAMASTE!

1 Comentário

Mônica disse...

O acaso não existe e, assim sendo, não foi por acaso, que nos conhecemos exatamente neste finde!
Estou por aqui sempre!
Já te adoro!
Beijo no coração e sinta-se à vontade para desfrutar do calor e colo virtuais... (p.e.)
Mônica

Postar um comentário